Ouvir Música

Rio Guri

Pedro Ortaça

Como pode um rio que anda dentro da gente, parar?
...Mistérios que a gente explica quando sabe imaginar!
Nasci à beira de um rio... Fui guria em suas margens,
Levando Barcos de sonhos por fantasiosas viagens!

Fui pescador, fui balanseiro, marinheiro e capitão...
Fui tudo e fui mais um pouco no meu reino de invenções!
Contrabandeei de mentira em noites que imaginei...
Bolacha, azeite e farinha, cruzadas fora-de-lei!

O rio rela ficou longe e eu longe desde que vim,
Mas meu rio de infância e sonhos não Morreu dentro de mim!
Como pode um rio que anda dentro da gente, parar?
...Pra quem teve um rio na infância nem carece de explicar!
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não