Ouvir Música

Debulhando Milho

Pedro Ortaça

Eu sabia, tanto verso,eu sabia um saco cheio
Mas bateu uma rataiada ,e deixou o saco pelo meio
Destino que deus me deu,de ser louco atarantado
Costela é manta do peito,e entreperna é meu assado.

Quando chega,nesse ponto,é que um indio corcoveia
Aumentando a filharada,e a mulher ficando feia
Credo cruz,nossa senhora,que é mãe de nosso senhor
Te vira num capão gordo e,me ataca no corredor.

Credo cruz,ave maria,nunca vi uma coisa assim
A peonada aglomerada,tudo por riba de mim.
Virgem,nossa senhora,o mundo vai se acabar
As "muié"não dão mais cria e os,"home"vão ter que dar.
A galinha tira os pintos e o galo dá de mamar.

Destino, que deus me deu,de ser louco atarantado
Costela é manta do peito,e entreperna é meu assado
Credo cruz,nossa senhora,que é mãe de nosso senhor
Te vira num capão gordo e me ataca no corredor.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não