Pelos Cantos

Miro Saldanha

PELOS CANTOS
(Letra e Música: Miro Saldanha)

Moça bonita, firma o passo e não te vira
que tem olhos te buscando,
e só tem bandido na mira!
Crê no que eu digo, que tudo o mais é mentira!
Deita a cabeça em meu peito
e te esquece que o mundo gira!

REFRÃO
Chega pra o canto, morena, sai da poeira,
que quanto mais pelos cantos
mais gostosa a brincadeira!
Afrouxa o corpo, que daqui em diante é ladeira
e o salão fica pequeno
no balanço da vaneira!

Tem certas coisas que quem pensa não começa,
mas quem começa não pensa
e descobre que é bom à beça!
Até pra santo o pecado se atravessa
e num ouvido perfumado
qualquer mudo se confessa!

REFRÃO

De hoje em diante, moro dentro desta peça;
do que eu gosto, aqui tem tudo
e não há motivo pra pressa!
Já rezei muito, fiz novena e mil promessas
pra ficar só com o gaiteiro
e umas dez morenas dessas!

REFRÃO

REFRÃO (bis)
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist? sim não

Momentos

O melhor de 3 artistas combinados